The Power Of Intention

Um pouco da minha vida e dos meus projetos. Como pensar positivo 100% em todos os momentos da vida.

Resumindo 1 ano em 1 post. (Muita Power Of Intention).

Ja faz muito tempo que eu nao venho aqui. Mas assistindo um filme ontem (Julie & Julia) sobre um blog de receitas, resolvi escrever aqui. Nao que eu va escrever sobre receitas entretanto.

Lendo o meu ultimo post, vi que eu ainda estava morando em Texarkana, trabalhando naquele empreguinho sem graca, morando naquela cidade ainda mais sem graca. Depois do aniversario do Greg, veio a noticia que eu menos queria…. O meu filho que eu tanto desejei se foi. 8 semanas se alegria e um sonho adiado…. Mas nao pensei que a tristeza serviu para me deixar ainda mais para baixo com toda a situacao. Pelo contrario, foi a gota d’agua que eu estava precisando para tomar uma atitude que iria mudar as nossas vidas para sempre.

Conversando com o meu marido Greg, expliquei para ele que tudo estava pessimo. Morar grudado na familia dele e convivendo com o drama diario nao estava dando certo.  Depois, nao e so a familia.. Nos dois somos estudados, temos mestrado, estamos acostumados a morar em cidade grande. Entao a vidinha em Texarkana, cidade pequeninissima aonde as opcoes de compra eram Walmart ou Walmart (sim, 2 walmarts e nada mais) nao estava facil. Como eu iria fazer para continuar com a minha vida intelectual? eu gosto de ir passar os domingos na livraria (tipo Barne and Noble) e nao essas portinhas de livros usados.. E como eu ia fazer aula de danca Indiana? Sim, eu fazia aula de danca Indiana e ja ate me apresentei no festival Indiano em Columbus. Em Texarkana nem existiam Indianos….. Alias existia sim! A minha melhor (e unica) amiga era indiana, casada com um medico Indiano e  meu genicologista era Indiano. (Adoro os Indianos, sempre cultos e inteligentes.. estao dominando os EUA junto com os japoneses).

Voltando ao assunto, disse ao meu marido que nao fazia sentido nenhum estarmos ali. Detestavamos tudo que estava em volta da gente e como a mae dele estava relativamente bem, precisavamos nos mudar. Em maio de 2011 resolvemos ir para Austin passar 3 dias e procurar emprego. (Nada facil por sinal). Visitamos 5 ou 6 agencias de emprego, fomos tratados com desprezo, pouco caso e tivemos que fazer varios testes (desses para ver se sabiamos sobre computador… word, excel.. ahh me poupe ne?) Temos MBA!!!

Enfim, mudar para Austin era um sonho quase impossivel. A cidade esta sempre em primeiro lugar entre as mais desejadas por diversos motivos, e por ser o berco da tecnologia, desenvolvimento, a cidade da musica, do talento, de filmes, design, artistas, pintores e colaboradores da natureza.

Em junho de 2011 recebi uma oferta de emprego em Austin (estava sonhando ou nao?) e disse ao meu marido que estariamos largando tudo na (nao tao desejada) cidade de Texarkana para irmos para Austin. O meu salario nao iria dar para cobrir todas as despesas, mas com as nossas economias, e pensamento positivo que o Greg logo arrumaria um emprego, resolvemos arriscar!

Resumindo a historia, depois de muita luta para recomecar as nossas vidas em Austin, finalmente eu e o meu marido estamos super bem, felizes e com os empregos dos nossos sonhos. Volto aqui depois para escrever sobre como estamos no momento…

Janeiro e Fevereiro em Atlanta/Texarkana, Texas

Voltamos do Brasil no dia 26 de dezembro e logo ja comecamos a trabalhar novamente. No comeco foi meio complicado para mim voltar a rotina nao tao normal ja que a realidade eh que nos ainda estavamos morando na casa da mae do Greg com todas as nossas coisas empacotadas em caixas. Antes da viagem para o Brasil eu nao estava me importanto tando pois estava super focada no casamento, mas quando voltei ja comecei a sentir que as coisas nao poderiam ficar como estavam por mais tempo. Nao me levem a mal, a minha sogra eh super boazinha, mas quem casa quer ter a sua casa, certo?

Dia 30 de dezembro, recebi uma das melhores noticias da minha vida! Gravidissima! Eu so me toquei que estava atrasada depois de 3 dias, pois com toda a viagem, volta ao trabalho e a rotina de Atlanta, nem tive tempo para pensar nessas coisas. Enfim, quando me dei conta corri na farmacia e comprei um teste de gravidez e corri para o banheiro no meu trabalho mesmo. Confirmado o teste, corri e liguei para o meu marido que tambem mal acreditou. Naquele mesmo dia, tamanha a minha felicidade liguei para os meus pais e mais a noite contamos para a mae e irma do Greg.

Depois de duas semanas na casa da minha sogra em janeiro, eu sentei com o Greg para explicar que nos precisariamos urgente mudar da casa da mae dele e achar o nosso lugar. Primeiro porque nosso trabalho eh na cidade vizinha que fica a 40 minutos do meu trabalho e a 1 hora do trabalho dele. Estavamos dirigindo todos os dias e chegando em casa quebrados. Segundo que  depois de algum tempo eu ja comecei a tomar birra da minha sogra, passei a implicar com os detalhes, a achar defeito aonde nao tinha, enfim coisas que voce comeca a fazer quando se sente incomodado. E como diz o ditado: “os incomodados que se mudem”. Depois de uma intensa busca pela cidade, ja estavamos quase que desanimados com tanta casa velha e caindo aos pedacos em Texarkana.   Finalmente, lendo os classificados, vimos uma casa novinha que estava para alugar e assim que fomos visitar a casa ja fechamos logo o contrato. Ah como eu estava feliz naquele dia sabendo que finalmente eu iria colocar as minhas coisas no lugar, abrir as caixas que estavam empacotadas desde setembro e me mudar para o meu proprio lugar. Mal eu sabia que essa felicidade iria durar pouco, muito pouco. Nos mudamos para a nova casa na ultima semana de Janeiro, 5 dias antes do aniversario do Greg. Alias o aniversario do Greg caiu num domingo mas ele infelizmente teve que trabalhar. O trabalho do greg nao eh la essas coisas, ele nao gostou da empresa logo de cara, mas nos precisavamos estar aqui em texarkana nesse momento por cauda da Mae dele que esta doente, entao nao tinha outro jeito. No mas, estavamos aliviados de nao ter que dirigir 1 hora todos os dias para irmos ao trabalho. Alias, agora estavamos somente a 10 minutos de casa e muitas vezes eu e o Greg nos encontramos em casa para o almoco.

Setembro a dezembro 2010

Resolvi que vou tentar manter o meu blog novamente. Nao sei porque eu parei de escrever. Sao tantas coisas pra contar, preciso ter lembrancas do passado, para ler no futuro. Ja que a minha cabeca nao consegue guardar tudo.

Enfim, pela ultima vez que escrevi, fiquei de contar sobre a minha mudanca para a casa do greg, que aconteceu em Setembro de 2009. Depois veio o casamento em Abril de 2010 junto com a ma noticia de que a Mae dele estava com cancer de ovario ja em estado avancado. Depois da mudanca, eu fiquei bem ocupada entre trabalho e estudo. Desde que me mudei para a casa do Greg, eu tinha comecado a trabalhar 3x por semana como baba, e 20 horas por semana como assistente na minha faculdade. Alem disso estava pegando 12 creditos das minhas classes para o mestrado. Com tudo isso mal me sobrava tempo para respirar. Nos domingos eu me encontrava com o meu grupo de MBA para fazer os relatorios, trabalhos deixar tudo em dia para a proxima aula! Parece nostalgico, mas agora que ja passou eu morro de saudade dos nossos encontros.

Assim que terminei o Mestrado, eu e o Greg resolvemos passar 1 semana na casa da mae dele no Texas e ver se conseguiriamos algum emprego por la, ja que o Greg queria ficar perto da mae dele sabendo que ela teria pouco tempo. Em Novembro 2010 eu e o Greg nos mudamos para a cidadezinha da mae dele, morando na casa da mae dele e comecamos a trabalhar na cidade vizinha (45min de distancia). Todos os dias a mesma coisa, acordavamos bem cedo, dirigimos 45min, o Greg me deixava no trabalho e dirigia mais 20 minutos para o trabalho. Dai quando chegavamos em casa, mais de 6 da tarde, eu ainda tinha que arrumar janta pra nos, incluindo minha sogra, varias vezes sair e ir no supermercado pra ela e fazer outras coisas na casa. Esses meses que passamos la foram bastantes estressantes, ainda mais com as minhas coisas todas encaixotadas. Eu so nao me estressei muito porque estavamos com viagem marcada para passarmos o mes de dezembro no Brasil, e eu estava tao feliz depois de quase 3 anos sem pisar no meu amado pais. Dezembro foi um mes maravilhoso, com outra festa de casamento, uma semana em lua de mel no Rio de Janeiro, encontro com amigos queridos, e Natal em familia. Dia 26 embarcamos de volta ao Texas e a dura realidade que contarei no proximo post.

Voltei!

Creio que estou a quase 1 ano sem atualizar o meu blog. Muitas coisas aconteceram nesse meio tempo, mas o que eu posso dizer eh que estou muito feliz! A comecar pela visita de meus pais que foi simplesmente maravilhosa! Nos passamos 2 semanas juntos, conhecendo varios lugares e depois fomos para Chicago. A despedida e sempre dura, mas temos que caminhar para frente…

Depois que os meus pais foram embora, eu fiquei mais duas semanas na casa em que estava morando e me mudei de vez para a casa do meu namorado (hoje marido!). Ja estamos juntos a 2 anos e meio e eu realmente agradeco a Deus pelo companheiro que ele me deu. O Greg e maravilhoso, prestativo, inteligente, trabalhador, educado, humorado, e lindo!

Dia 24 de dezembro, Greg me pediu em casamento depois da nossa ceia de Natal…. Passamos o natal sozinhos em casa, so eu e ele, mas nao menos especial do que o Natal de todos os outros…. Tinhamos muita comida, doces, arvore de natal, cafe da manha especial, cerveja, a casa toda enfeitada, e muitos, muitos presentes para abrir… Resolvemos nao ir para lugar nenhum porque moramos em OHIO que o parta, ou seja longe de tudo e de todos.

O problema eh que ja tinhamos ido ao Texas em novembro para o casamento da irma do Greg, e depois fomos para o Tenasee para o Thanks Giving, e considerando que estavamos planejando de nos casarmos na primavera (abril), resolvemos ficar em casa mesmo para economizar.

Tenho que confessar que Abril nunca foi o meu mes preferido. Pelo contrario, se tem um mes que eu nao gosto, ou o nome, sei la o que, eh o mes de Abril…. Mas agora eu acho que eu gosto porque foi o mes do meu casamento, e aqui aonde eu moro eh inicio da primavera, a temperatura eh agradavel e as flores comecam a surgir.

O casamento foi bem simples mas muito especial! Nos casamos na casa da Avo do Greg, com o pastor da igreja dele. Depois da cerimonia (so para a familia), tivemos um bolinho com champanhe e fomos para uma cidade vizinha bem historica e bonita! Tiramos muitas fotos e tivemos um jantar em familia. Tudo perfeito e simples como o greg queria…

Mas como nem tudo precisa ser simples, em Dezembro teremos uma cerimonia com festa no Brasil!!! Entao eu vou deixar para contar sobre o casamento no meu proximo post, daqui uma semana….

Preciso contar sobre a minha faculdade tambem…. sobre os planos para o futuro…. fiquem ligados!

Novo ciclo se inicia….

Muito tempo sem escrever…. Muitas coisas aconteceram nesse meio tempo, mas o que eu posso dizer pra resumir tudo, e que eu estou muito feliz com o “andar da carruagem”.

No mestrado esta tudo otimo, e eu estou conseguindo me virar bem ainda que completamente ocupada com dois trabalhos. Esse sonho parecia estar tao longe de ser conquistado e agora esta somente a 10 mesedo fim do tunel!

Meus pais estao chegando pra me visitar esse fim de semana! So Deus sabe o quando eu sinto a falta deles! Nos todos estamos muitos anciosos.. Eu daqui e eles de la!! Entao sabado eu estarei la no aeroporto, esperando para o abraco depois de 1 ano e meio sem ve-los! Quanta emocao!!

Depois dos meus pais, a mae do Greg vem passar uns dias com a gente!!! Eu tambem estou feliz com a visita dela porque ela e muito querida! Vai ser bom pro Greg ter a mae dele por alguns dias aqui fazendo as comidinhas que ele gosta!! Ela tambem vai me ajudar a empacotar as minhas coisas ja que eu me mudo da casa dos Nero’s no final do verao. Em novembro eu e o Greg vamos para o Texas para o casamento da irma dele! Ela me convidou pra ser madrinha e eu fiquei muito feliz!

A primavera sera o comeco de um novo ciclo pra mim. Primeiro porque vou me livrar de uma vez por todas de morar com uma host family. Nada contra, mas eu realmente preciso de um lugar pra chamar de “meu”. O meu nivel de paciencia com crianca tambem nao esta nada bom e eu preciso de uma folga! E claro que o emprego de baba eh bom ja que eles pagam muito bem aqui nos EUA, mas chega uma hora que a sanidade mental da gente fala mais alto! Ja que eu consegui outro emprego na minha Universidade, eu vou poder deixar de trabalhar com criancas por um tempo e me dedicar a reta final do mestrado. Acho que la pra janeiro eu voltarei a arrumar alguma crianca pra cuidar pelo menos 3x por semana pra juntar uma grana… Alias grana eh o problema ja que eu tenho que pagar o meu mestrado.

Bom, as novidades do momento sao essas! Eu estou na espectativa pra ver os meus pais e nao consigo pensar em mais nada!!!

Tenham um bom dia!

Paulinha

Marco…. Spring…. Mudancas…

Tudo em ordem por aqui. Muitas coisas acontecendo! Creio que todas pra melhores. Tenho pensado muito no meu futuro e creio que tenho algumas ideias em mente a respeito que sera…. Sao caminhos a seguir…. opcoes… Nada concreto ainda. O que me deixa feliz eh poder enxergar a luz no fim do meu Tunel. Eu tenho prazo. Julho de 2010 eu me formo. Saio de Columbus com o meu diploma de Mestrado na mao. O que sera depois disso ainda esta incerto. A unica certeza que eu tenho sao das opcoes a seguir… agora, qual delas seguir… ai eu ja nao sei… Mas na hora certa saberei.

Feliz 2009!!!

Linda pra alguns…

Feia e suja para outros…

A melhor epoca do ano pra alguns..

Um inferno na vida de outros…

Um presente de Deus para uns..

Um atraso de (transito e tempo) para outros…

Nao importa o que eu penso sobre ela, pois com ela estarei pelos proximos tres meses!!